Índice

Salmos 86

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150

, :
- -- - .
1 Inclina, Senhor, os teus ouvidos, e ouve-me, porque sou pobre e necessitado.
, - :
, -- .
2 Preserva a minha vida, pois sou piedoso; o Deus meu, salva o teu servo, que em ti confia.
: , -. 3 Compadece-te de mim, ó Senhor, pois a ti clamo o dia todo.
, : , . 4 Alegra a alma do teu servo, pois a ti, Senhor, elevo a minha alma.
- , ; -, -. 5 Porque tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para com todos os que te invocam.
, ; , . 6 Dá ouvidos, Senhor, à minha oração, e atende à voz das minhas súplicas.
, : . 7 No dia da minha angústia clamo a ti, porque tu me respondes.
- ; . 8 Entre os deuses nenhum há semelhante a ti, Senhor, nem há obras como as tuas.
-, -- ; . 9 Todas as nações que fizeste virão e se prostrarão diante de ti, Senhor, e glorificarão o teu nome.
- , ; . 10 Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e andarei na tua verdade; dispõe o meu coração para temer o teu nome.
, -- ;
, .
11 Louvar-te-ei, Senhor Deus meu, de todo o meu coração, e glorificarei o teu nome para sempre.
, ---; . 12 Pois grande é a tua benignidade para comigo, e livraste a minha alma das profundezas do Seol.
-, ; , . 13 Pois grande é a tua benignidade para comigo, e livraste a minha alma das profundezas do Seol.
, -, , ;
.
14 Ó Deus, os soberbos têm-se levantado contra mim, e um bando de homens violentos procura tirar-me a vida; eles não te puseram diante dos seus olhos.
, - ; , - . 15 Mas tu, Senhor, és um Deus compassivo e benigno, longânimo, e abundante em graça e em fidelidade.
, : - ; , -. 16 Volta-te para mim, e compadece-te de mim; dá a tua força ao teu servo, e a salva o filho da tua serva.
- , :
-- - , .
17 Mostra-me um sinal do teu favor, para que o vejam aqueles que me odeiam, e sejam envergonhados, por me haveres tu, Senhor, ajuntado e confortado.

Índice

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150