| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 1 | cp 2 | cp 3 | cp 4 | cp 5 | cp 6 | cp 7 | cp 8 | cp 9 | cp 10 | cp 11 |

Capítulo 12


, -- " , " ( ,). ; , -- . 1 É proibido depilar os cantos da cabeça segundo faziam os idólatras e seus sacerdotes, como está escrito: "Não cortareis em volta dos cantos de vossas cabeças..." - Lv 19:27. E incorre em penalidade sobre cada um dos cantos. Portanto, quem depilar ambos os lados, mesmo que seja de uma só vez - e, mesmo com "hatraá" - deve ser açoitado duas vezes [trinta e nove, ou seja - setenta e oito açoites].

, -- , . , ; , . , . 2 Tanto o que depila somente os cantos, quanto o que rapa toda a cabeça incluindo os cantos, por haver incluído os cantos - é açoitado. Em que caso? - no homem que depila [os cantos da cabeça de outro], mas quanto ao que é depilado, não incorre [nesta penalidade] a não ser que haja auxiliado ao que depila. Quanto ao que depila [os cantos da cabeça] de um menor [de treze anos e um dia], incorre em pena de açoites.

[] , --, " , ; , " ( ,): , ; , . -- , . 3 A mulher que depilar os cantos da cabeça do homem, ou que se depilou nos cantos de sua própria cabeça - está isenta [de penalidade de açoites], pelo que está escrito: "Não cortareis em volta os cantos de vossas cabeças [arredondando], nem destruirás os cantos de tua barba." - Lv 19:27. Todo o que tem [proibição] concernente à barba, tem [proibição] pertinente ao cortar em contorno dos cantos da cabeça, e mulher não tem [proibição] pertinente à barba, pois não tem barba. Por isto os escravos - por ter barba - são proibidos de cortar o cabelo em redondo.

[] -- , : , , . , -- : , , , , -- . 4 Todo preceito negativo da Torá tanto homens quanto mulheres são obrigados a seu respeito, exceto o cortar os cantos do cabelo da cabeça e os cantos do pelo da barba, e de impurificar-se o cohen pelos mortos. E todos os preceitos cujo tempo é designado para serem efetuados - as mulheres são isentas, com excessão do qiduch [santificação do chabat e festas], o comer da matzá (pão ázimo) no pêssaĥ, e o comer do sacrifício pêssaĥ e sua degola, e haqhel, e a alegria [nos festivais], que [também] as mulheres são obrigadas.

[] , -- , ; , . 5 "Tumtum" e "andróginus" - por serem dúvida [se são homens ou mulheres] dá-se-lhes tudo o que é lei especialmente concernente aos homens, bem como tudo o que é especialmente obrigação das mulheres - e, se transgrediram, não são açoitados.

[] , ; , . [] , ; , . , . 6 Apesar de ser a mulher permitida no que toca à depilação dos cantos da cabeça, está proibida de fazê-lo para um indivíduo de sexo masculino. Mesmo uma criança está proibida de depilar os cantos de sua cabeça. Quanto a este "canto" da cabeça (peá) que deixa-se nos lados da cabeça - não deram os Sábios [do Talmud] uma medida certa a ser deixada. Porém, ouvimos de nossos sábios [geonim da Babilônia] que não pode-se deixar menos que quarenta fios de cabelo. E, é permitido aparar as "peôt" (plural de "peá") com tesoura - não foi proibido senão o rapar-se com lâmina.

, . -- , , . ; , . 7 Era costume dos sacerdotes idolátricos da antiguidade barbear-se, pelo que a Torá proibiu o barbear-se [destruindo os fios da barba com lâmina]. Cinco são os cantos da barba: A maxila e sua parte inferior, à direita, e a maxila e sua parte inferior, à direita, e a queixada da barba. Incorre-se em penalidade de açoites por cada um dos cantos, e se tirar tudo de uma só vez, é açoitado cinco vezes [trinta e nove golpes de látego, ou seja, cento e noventa e cinco golpes].

-- " , " ( ,), ; , . , . -- , ; , . 8 E não incorre em penalidade a não ser se barbear-se com lâmina, pelo que está escrito: "Não destruirás o canto de tua barba." - Lv 19:27 - barbear-se no qual haja destruição. Portanto, se fê-lo com tesoura, é isento. Quanto ao que se barbeia [através de outra pessoa], não incorre em penalidade de açoites enquanto não auxiliar ao que o faz. Quanto à mulher - está permitida destruir sua barba, caso tenha esta pelos [no lugar da] barba. Caso ela destruir a barba do homem - está isenta [da penalidade, apesar de estar proibida de fazê-lo].

[] -- , ; . , , , . 9 O bigode - está permitido retirá-lo a navalha, e é o pelo que cresce sobre o lábio superior. Assim também os poucos pelos que crescem sobre o lábio inferior. Apesar de ser permitido, não costumaram os judeus destruí-lo, senão apará-lo um pouco, o suficiente para não atrapalhar o comer e o beber.

[] , -- , ; , . , -- ; -- , . , . 10 A depilação do corpo todo - como por exemplo as axilas e a região genital - não é proibida pela Torá, senão por decreto dos Escribas. O que se depila [em regiões do corpo] é castigado com "macat mardut". Em que caso [é proibido]? - em locais nos quais não é costume que se faça tal, senão pelas mulheres, para evitar que venha a engalanar-se como se fosse mulher. Entretanto, nos locais onde [também] os homens se depilam - se o fez, não açoitam-no. E é permitido cortar todo o pelo dos demais membros com tesoura, em todo lugar.

[] , , , ; , -- , : , . 11 A mulher - não vista roupagem masculina, como por exemplo, que ponha em sua cabeça um turbante ou chapéu, ou que vista um plastrão, ou algo pelo estilo; e o homem - não vista roupas femininas, como roupas coloridas e enfeites de ouro - em lugares nos quais não é costume que se vistam assim senão as mulheres. Tudo, de acordo com o costume local.

, --. , -- , ; -- , . 12 O homem que vestir roupas femininas - e a mulher que vestir roupas masculinas, incorrem em pena de açoites. O [homem] que tira pelos brancos da cabeça ou da barba dentre os [pelos] negros - a partir do momento no qual tirar um pelo - incorre em pena de açoites por estar "vestindo roupagem feminina". O mesmo, caso pintar seu cabelo de preto [estando embranquecendo-se]: ao fazê-lo com um só pelo branco, incorre em penalidade de açoites.

-- , ; , . 13 "Tumtum" e "andróginus" - não podem cobrir suas cabeças [com lenço] como faz a mulher, nem cortar os cantos do cabelo de suas cabeças, assim como os homens. Se procederem assim, não incorrem em penalidade de açoites.

[] " " ( ,) , ; , . , , --. 14 A "tatuagem" à qual alude a Torá - é que cause ranhura na carne, e preencha o local arranhado com sombra [tinta azulada usada pelas mulheres sobre os cílios para engalanamento] ou tinta [comum], ou demais espécies de tintas que deixam marca. Este era o costume dos idólatras que se marcavam a si próprios para seus deuses, significando que se faziam escravos vendidos a eles, marcado para sua idolatria. A partir do momento que marque com qualquer das coisas que são usadas para marca - em qualquer lugar do corpo [mesmo sem intenção idolátrica] - homem ou mulher, incorre em pena de açoites.

, --: , " " ( ,). , . -- , ; , . 15 Escreveu, e não marcou com tinta - ou marcou com tinta, e não escreveu com ranhuras - está isento [da penalidade, apesar de ser proibido], até que escreva e tatue o local [com tinta], como está escrito: "...Escrita de tatuagem..." - Lv 19:28. Em que caso [é passível de penalidade]? - no caso de ser o que escreve; mas, aquele em cujo corpo foi efetuada a tatuagem, não é passível, a não ser no caso que haja auxiliado para que fosse feita [a tatuagem]. Mas, se nada fez, não é açoitado.

[] --, " , " ( ,): , . , -- : , . 16 O que faz um arranhão no corpo por um morto - incorre em penalidade de açoites - conforme está escrito: "Arranhão pela alma, não fareis em vossa carne..." - Lv 19:28 - seja israelita [comum] ou cohen. Se arranhar uma só ranhura por cinco mortos, ou cinco ranhuras por um único morto - é açoitado cinco vezes [trinta e nove golpes, isto é, cento e noventa e cinco golpes de látego].

[] , . -- , " " ( ,). , " " ( ,): -- , . --, ; , . 17 o retalhar-se e o arranhar-se são uma coisa só [do ponto de vista da Torá]. Igual a quando os gentios se arranhavam pelos mortos por razão de sua angústia, se golpeavam para seus ídolos, como está escrito: "...Retalhavam-se, conforme sua lei..." - 1 Rs 18:28. Também isto proibiu a Torá, pelo que está escrito: "...Não vos retalhareis..." Dt 14:1. A diferença [entre ambos] é que em caso de arranhão pelo morto, seja pelas próprias mãos ou por utensílios, incorre em penalidade de açoites, e pela idolatria, se por utensílio é passível de pena de açoites, pelas próprias mãos - é isento.

[] , , , -- : " " ( ,), . 18 Faz parte deste preceito que não haja dois tribunais de Torá numa mesma cidade, um de acordo com determinado costume, outro de acordo com outro, pois isto causa grande contenda. E está escrito: "...Não vos retalhareis..." - Dt 14:1 - Não fareis de vós mesmos distintos grupos. (nota da tradução)

[] --, "- --" ( ,). , . , -- , . 19 Quem fizer calva por mortos - incorre em pena de açoites, como está escrito: "...Nem fareis calva entre os olhos pelos mortos..." - seja cohen ou israelita [comum] que fez calva por mortos, incorre em penalidade de açoites uma vez [trinta e nove]. Quem fizer quatro ou cinco calvas sobre um único morto, deve ser açoitado de acordo com o número de calvas - e isto se avisaram antes de cada calva feita [acerca de sua proibição e de sua penalidade].

, . , -- -- , : . , "- " ( ,). -- , . 20 Tanto o que fizer calva por suas próprias mãos, ou por medicamento. Se imergir seus cinco dedos em medicamento, e metê-los em sua cabeça em cinco [distintos] lugares, [segundo a posição dos dedos] por única vez, por haver feito cinco calvas, mesmo que por apenas uma hatraá, incorre em penalidade de [trinta e nove vezes] cinco açoitadas, pois todas vieram por uma só vez. É passível por qualquer lugar na cabeça do mesmo modo como é passível pela calva entre os olhos, pelo que está escrito: "Não façam calva em sua cabeças..." - Lv 21:5. Qual a medida da calva [para incorrer em penalidade]? o suficiente para que veja-se em sua cabeça o espaço livre equivalente a uma semente de cevada, sem que nele haja um fio de cabelo.
[] , , , --; , . 21 O que faz calva em sua própria cabeça, ou arranha sua própria carne por sua casa que desmoronou, por seu barco que afundou - está isento, e não é açoitado [pela Torá] senão pelo morto somente, ou pelo arranhão em honra de ídolos.

, , , -- , ; -- , . 22 O que faz calva na cabeça de outrem, o que causa arranhão na carne de outra pessoa, e o que faz tatuagem no corpo de outro, caso este auxilie no feitio - sendo ambos intencionais - ambos são açoitados. Um deles inintencional, e o outro intencional - o intencional é açoitado, e o inintencional - isento.


| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 1 | cp 2 | cp 3 | cp 4 | cp 5 | cp 6 | cp 7 | cp 8 | cp 9 | cp 10 | cp 11 |