| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 1 | cp 2 | cp 4 | cp 5 | cp 6 | cp 7 | cp 8 | cp 9 | cp 10 |

Capítulo 3


, : , ; , ; , . 1 Cada um dentre os seres humanos tem méritos e iniquidades. Quem seus méritos são mais que suas iniquidades, é um "tsadiq" (justo); quem suas iniquidades são mais que seus méritos - "rach'a" (iníquo). Meio a meio - é [chamado] "benoni" (mediano).

-- , ; , . . 2 Igualmente - o país: caso sejam os méritos de seus habitantes mais que suas iniquidades, é um país justo. caso sejam suas iniquidades mais que seus méritos - iníquo.

[] -- , " ?" ( ,; ,; ,). -- , " -" ( ,). , -- , " ', " ( ,). 3 A pessoa cujas iniquidades superam a seus méritos - imediatamente morre por sua iniquidade, como está escrito: "...pela grande quantidade de tuas iniquidades..." - Jr 30:14; Jr 30:15; Os 9:7. Similarmente - o país cujas iniquidades sejam maiores que seus méritos - imediatamente se perde, conforme está escrito: "...O clamor de Sodoma e Gomorra aumentou..." - Gn 18:20. Assim, o mundo todo: caso sejam suas iniquidades maioria - imediatamente são destruídos [os seres que nele habitam], como está escrito: "E viu Ado-nai que aumentara a maldade do homem..." - Gn 6:5.

, : , " - " ( ,); , " , " ( ,). , . 4 Este cálculo não é feito segundo o número de méritos e de iniquidades, senão de acordo com a grandeza. Mérito há que equivale [um só em peso de importância] por algumas iniquidades, como está escrito: "...Porquanto se achou nele algo bom..." - 1 Rs 14:13; e há iniquidade que equivale a vários méritos, como está escrito: "...Por um [só] transgressor perder-se-á muito bem!" - Ec 9:18 - e, não se pesa [as iniquidades e os méritos] senão segundo a consciência do Deus Onisciente, e é Ele [o único] que sabe como se pesa os méritos em concernência às iniquidades.

[] , , , -- , : " " ( ,), . 5 Todo o que se arrepende dos preceitos que cumprira, duvidando de [seus] méritos, dizendo em seu coração: "Que me valeu cumprí-los?! Talvez nem sequer cumpri!" - Este perde a todos, e não se lembra para ele nenhum mérito que haja no mundo, conforme está escrito: "...E a justiça do justo não o livrará no dia de sua iniquidade!" (ver Ez 33:12) - este escrito não se refere senão ao que duvida sobre seus primevos [atos].

, -- , : , ; , . , : , ; , . 6 Assim como pesam-se as iniquidades da pessoa e seus méritos no momento de sua morte - assim também a cada ano pesam-se [como que em balança] as iniquidades de cada um dos seres humanos, comparando-as a seus méritos, no dia festivo de roch ha-chaná . Quem for achado justo - é selado para vida, e quem for achado ímpio - é selado para morte. Quanto aos "medianos", ficam pendentes até o iom kipur : se fizerem techuvá - são selados para vida, se não - para morte.

[] , : , ; , . , -- , ; , . 7 Apesar de o toque do chofar em roch ha-chaná ser gezerat ha-catuv , há nele uma insinuação; quer dizer: "Despertai, despertai - vós os adormecidos - de vosso sono, e acordai - adormecidos - de vossa dormência: buscai em vossos atos, e tornai em arrependimento, lembrando de vosso Criador!..." - estes são os que esquecem-se da verdade nos passatempos, e erram durante todo o ano em coisas vãs e vazias, nas quais não há proveito nem livramento - "...Olhai para vossas próprias almas, melhorai vossos caminhos e feitos, e abandone cada um dentre vós seu mau proceder, e seu pensamento, que não é bom!"

, ; , : -- , ; -- , . ", " ( ,), . 8 Por isto, precisa a pessoa ver-se a si próprio durante o ano todo como que meio merece [viver], meio incorre em pena [de morte], e assim também todo o mundo, meio merecedor, meio incorre em pena [de extermínio], que se transgredir algo - faz pender a si próprio e faz pender a todo o mundo [na balança] para incorrer em penalidade, causando [por sua própria causa e ato pessoal], o extermínio [de toda a humanidade]. Efetuando o cumprimento de um [único] preceito, faz pender a a si próprio e ao mundo todo [na balança] para mérito, ocasionando [a toda a humanidade] salvação e livramento. Este é o significado do escrito: "...E, um justo é o sustentáculo do mundo!" - Pv 10:25 - tratando-se de quem justificou a si mesmo, fazendo pender para bem a todo o mundo, livrando-o [de extermínio].

, , , . , . 9 Por esta mesma razão costuma toda a Casa de Israel aumentar as esmolas e as boas ações, ocupando-se dos preceitos, desde roch ha-chaná até iom kipur mais que em qualquer época do ano. Costumaram também todos a levantarem-se no meio da noite durante esses dez dias, para orar nas sinagogas com palavras de súplicas e admoestações, até o clarear do dia.

[] , , . , . 10 No momento no qual as iniquidades do homem e seus méritos são comparados, não se leva em conta a primeira transgressão efetuada, nem a segunda, senão da terceira em diante. Estando suas iniquidades a mais que seus méritos a partir da terceira, ambas as primeiras são acrescentadas - e é julgado por tudo [em conjunto].

, : , ; , ; . 11 Se, entretanto, seus méritos suplantaram as iniquidades a partir da terceira em diante, apagam-se suas iniquidades uma por uma, pois a terceira torna-se a primeira, pois as duas anteriores já são perdoadas, e a quarta torna-se primeira, pois já foi perdoada a terceira, e assim até a última.

, , "--, --- , -" ( ,). -- , "- , - " ( ,). , . 12 Em que caso [é isto assim]? - na pessoa particular, como está escrito: "...Eis, tudo isto faz Deus duas, ou três vezes - ao homem..." - Jb 33:2 - mas, em quanto público, ficam pendentes a primeira, a segunda e a terceira iniquidades - como está escrito: "...Sobre três culpas de Israel, e sobre quatro - não retrucar-lhe-ei..." Am 2:6. Ao serem-lhes feitas as contas por este meio, tal é feita a partir da quarta em diante.

-- -- , ; -- , : , -- " , " ( ,); -- , . , . 13 Os "medianos": se parte de sua metade iníqua é que nunca usaram filactérios jamais - é julgado segundo seus erros, e tem lugar no mundo vindouro. Similarmente, todos os iníquos, cujas transgressões são maioria, tem lugar no mundo vindouro, pois todo o povo de Israel tem lugar no mundo vindouro, como está escrito: "Todo teu povo, é de justos: para sempre herdarão a terra..." - Is 60:21 - "Terra" esta, é analogia - significando: "A Terra da Vida" - que é o mundo vindouro. Igualmente - os justos das nações do mundo - tem lugar no mundo vindouro.

[] , , , : , , , , , , , , , , , , , . 14 Estes são os que não têm lugar no mundo vindouro, sendo cortados em suas almas, perdendo-se, ao serem julgados pela grandeza de sua iniquidade e erro, para toda a eternidade: os minim , os epicursim , os "cofrim" que descrêem da Torá, os "cofrim" que descrêem da ressurreição dos mortos, os "cofrim" que descrêem da vinda do redentor (machiaĥ), os "mechumadim" , os que induzem o povo ao erro, os que se afastam do proceder geral do povo [de Israel], e os que fazem transgressões por mão forte - como Jeoiaquim, e os "mosserim", e os que atemorizam ao público que não por Deus, os derramadores de sangue, os que falam lachon ha-ra' e os que puxam a pele do prepúcio.

[] : , ; , ; , ; ; , . . 15 Cinco sãos os que são chamados de "minim": a) o que diz que não há Deus, e que não há um condutor para o mundo; b) o que diz que há condutor, mas que são dois ou mais; c) o que diz que há um único Senhor, mas que ele tem corpo e imagem; d) também o que diz que ele não é o único primordial e Criador de tudo; e) Todo o que serve a outro além dEle, para que sirva de intermediário entre si e Deus. Cada um destes cinco - é "min". (min=singular; minim=plural)

[] : , ; ; . . 16 Três são os chamados "epicurussin": a) o que diz não haver profecia de forma alguma, ou que não há forma alguma de conhecimento que provenha do Criador aos corações dos seres humanos; b) o que nega a profecia de Mochê Rabênu; c) o que afirma que o Criador desconhece os atos dos seres humanos. Cada um destes, é "epícurus" .

: ', , -- , ; , , , ; , , ', . . 17 Três são os "cofrim" acerca da Torá: a) aquele que afirma não ser a Torá oriunda de Deus, mesmo um único verso, mesmo uma única palavra. Caso disser que Moisés disse por si próprio, este é um "cofer" (sing. de "cofrim") acerca da Torá; b) Também o que nega a [veracidade da] explanação da Torá, ou seja - a Torá Oral, bem como os que negam [os ensinamentos] dos que a transmitem, como Tsadoq e Baitos . c) os que afirmam que Deus mudou qualquer dos mandamentos por outro, ou que a Torá já foi anulada, apesar de admitirem ser ela proveniente de Deus, como os cristãos e os hagariím, por exemplo. Cada um destes três é "cofer".

[] : , . -- , , , -- : , . , , , -- . 18 Dois são os "mechumadim" : a) o "mechumad" para um único tipo de transgressão; e b) o "mechumad" em relação a toda a Torá. O "mechumad" para um tipo de transgressão - é aquele que se prendeu a uma [determinada] transgressão, fazendo-a conscientemente e reconhecidamente, acostumando-se [nela], mesmo das [transgressões] leves, como por exemplo, a vestir-se [com roupas feitas] "cha'atnez" , ou cortar [o cabelo arredondado, sem deixar nos cantos da cabeça, de cada lado,] a peá, sendo como se tal preceito fosse [inexistente por ser] anulada para ele do mundo - este é "mechumad" em relação a tal coisa. Isto, se fizer no intuito de provocação. [Quanto ao] "mechumad" por toda a Torá, trata-se do que se volta para as leis [como credos] dos gentios, quando estes decretam perseguições religiosas, unindo-se a eles, dizendo: " - Que ganho eu em permanecer unido ao povo de Israel, que são humilhados e perseguidos? Melhor é unir-me a estes, cuja mão é poderosa!" - este é "mechumad" por toda a Torá.

[] : , ; , . , ; . 19 Os que induzem o povo ao erro - tanto o que faz errar em grande coisa, como jeroboam, Tsadoq e Baitos - como o que faz errar em algo simples, mesmo deixar de cumprir um preceito positivo. Tanto o que força a outros como Menachê, que matava os israelitas, até que servissem à idolatria, ou que fez errar a outras pessoas, induzindo-os pelo engano, como Jesus.

[] : , , , -- . 20 Os que se afastam do proceder geral do povo de Israel: apesar de não ter transgressões, senão separou-se da congregação de Israel, sem cumprir os preceitos em seu meio, sem envolver-se com suas angústias, sem jejuar seus jejuns, senã prossegue por seu caminho como um dos gentios, como se não fizesse deles (dos judeus) parte, [este] não tem lugar no mundo vindouro.

: , -- ; , . 21 O que fazem transgressões por mão forte, como Jeioiaquim: sejam [transgressões] leves ou graves, não tem lugar no mundo vindouro. Este é o que se cogomina "revelador de [nova] face na Torá" pela audácia de auto-revelar-se [publicamente em sua iniquidade], sem envergonhar-se das palavras da [própria] Torá.

[] : , --, . 22 Dois são "mosserim": a) o que entrega seu próximo [judeu] para ser morto ou surrado pelos gentios; b) o que entrega dinheiro de seu próximo nas mãos de gentios, ou nas mãos de quem força a fazê-lo, que é como o gentio - ambos, não têm lugar no mundo vindouro.

[] : , , , . 23 Os que atemorizam ao público, que não por Deus: a) aquele que domina o povo pela força, e estes respeitam-no e temem-no demasiadamente, sendo sua razão sua honraria própria, e seus desígnios, não a honra de Deus, como os reis dos gentios.

[] -- , . , , . 24 Cada um destes vinte e quatro que enumeramos, apesar de serem judeus - não dispõem de lugar no mundo vindouro. E, há transgressões menores que estas, e apesar de menores, os Sábios afirmaram que a pessoa acostumada nelas não tem lugar no mundo vindouro, para que se afastem delas, e com elas sejam cautos.

: , , , , , , , . 25 E, são elas: o que apelida a seu próximo, e o que chama a seu próximo por [seu] apelido. A pessoa que envergonha a outros em público, e o que se engrandece através de diminuir de seu próximo. O que desrespeita a uma pessoa sábia de Torá [em sua presença ou não], e o que desrespeita a seus instrutores [de Torá], o que desrespeita aos festivais [hebraicos], e o que profana as coisas santificadas.

, . , -- , : , -- , " , '--" ( ,). 26 Em que caso não tem lugar no mundo vindouro? - que morreu, e não fez "techuvá". Mas, se arrependeu-se de sua iniquidade, e morreu como "ba'al techuvá", ele é dos herdeiros do mundo vindouro, pois nada há que possa estar como obstáculo diante da "techuvá". Mesmo sendo um dos "cofrim" em algum dos princípios durante a vida toda, e no útimo momento fez "techuvá" - tem lugar no mundo vindouro - como está escrito: "Paz, paz, para o distante e para o que está perto" - disse Deus - "e o curarei!" - Is 57:19.

, -- , " " ( ,; ,): , -- . 27 Todos os iníquos, todos os culposos, todos os "mechumadim" que se arrependerem e tornarem ao correto ("techuvá"), revelada ou ocultamente, são [bem] aceitos, como está escrito: "Voltai, filhos pertinazes!..." - Jr3:14; 3:22 - apesar de ainda pertinaz, que somente em secreto fez "techuvá", é reaceito.


| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 1 | cp 2 | cp 4 | cp 5 | cp 6 | cp 7 | cp 8 | cp 9 | cp 10 |